quinta-feira, 30 de junho de 2011

Do fundo do mar

O sítio clione - http://clione.ru/ do Russo Alexander Semenov, nos mostra fotos fantásticas do fundo do mar que é de encher os olhos...veja algumas aí:







domingo, 26 de junho de 2011

Frase do Dia





"A pessoa certa é a que está ao seu lado nos momentos incertos."


                                                                                                
                                                                                                   Pablo Neruda

Indiada Reunida

Mês de julho chegando e trazendo consigo o inverno. Muitos dizem que a Europa é aqui, concordo plenamente.
Inverno não é sinônimo apenas de frio, mas de muita confraternização com amigos e família. É quando nos reunimos pra além de fofocar, colocar calorias em cima da mesa. A cozinha, de chão batido, rodeada pelas mulheres da casa, vão preparando o almoço, uma panela de pinhão cozinhando sobre o fogão à lenha e ao lado outras sementes "sapecandito no más". Uma panela de ferro aquecendo o feijão tropeiro, junto com um arroz branquito, sendo completado por uma salada fresquinha, colhida de manhã na horta. Ao lado, os homens da casa fazendo companhia ao convidado ilustre, Jhonny Walker e seus amigos. Roda sempre animada por causos diversos, uns verídicos outros nem tanto e claro, um mate amargo pra completar.
 No oitão da casa o assobio do vento seco e liso estalando madeiras, pela chaminé do fogão à lenha, vão-se embora as cinzas de nó de pinha que aquece o tão esperado almoço em família. O jirau segurando os apetrechos da gorda costela de gado acompanhado de um borrego. Ambas “temperaditas” com sal grosso, à gosto do “freguês”. Da bailanta veio o Bigode, milongueiro de muitos anos, pra animar a festa com suas milongas e chamamés lá da fronteira.
Depois do almoço, chumbeados, homens e mulheres, já estão matutando o café-da-tarde. Nesses encontros, geralmente a próxima refeição será acrescida do que sobrou do almoço. Mas antes, ali onde se faz o cogotilho, a indiada ajeita-se no más e o velho truco anda boçal. Enquanto isso, prendas e prendinhas estão fazendo um puchero de canjica de milho, um café tropeiro e esquentando a carne do almoço.
A brasa do nó de pinha aquecendo o inverno, acompanhado de uma chuva haragana e um bando de cupincha, assim se faz uma reunião à moda serrana. Agora me despeço porque tenho de atar a cola lá onde a maruca prende o grampo e me bandiar pra querência num despacito no más.

sábado, 25 de junho de 2011

Dica de Fim de Semana - Brilho de uma paixão

Esta cinebiografia carrega nas tintas românticas para abordar a relação entre o poeta John Keats e sua primeiramente vizinha e mais tarde amada Fanny Brawne. Mas ora bolas, Keats foi um dos expoentes do romantismo inglês na literatura, então talvez uma dose um pouco maior neste filme em particular não seja um grande prejuízo. Pelo contrário. Campion faz um drama clássico, enfocando com muita propriedade as relações altamente codificadas da sociedade do período: o flerte casto porém intenso, as regras rígidas para o comportamento de um casal interessado e o quanto se podia fazer para burlá-las. E, principalmente, Campion retira da sabedoria de Jane Austen uma lição fundamental: uma história de amor em uma sociedade tão rigidamente estratificada sempre será também uma história de dinheiro. O drama que mantém Keats (interpretado por uma versão inglesa de Gael García Bernal, Ben Wishaw) separado de sua musa é pecuniário: ele não tem recursos financeiros para um dote.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Frase do Dia

“A genialidade é feita de 1% inspiração e 99% transpiração”.

Thomas Edison

Don’t mess with Karma!!!

Você já viu os vídeos da série Don’t mess with Karma pelo YouTube? Não! Veja aí então. Mas só se você estiver entendiado ou melhor, com algum carma. O vídeo faz uma relação de educação ambiental com carma. 




CARTA ABERTA - ESCLARECIMENTOS À CATEGORIA

Olha aí carta do SINTE explicando a toda comunidade catarinense sobre a greve e sua ilegalidade, como quer o governo.





(A GREVE É DIREITO DE TODOS OS TRABALHADORES DO MAGISTÉRIO)

Florianópolis, 22 de junho de 2011.

Prezados Companheiros do Magistério,

A Assessoria Jurídica do SINTE/SC encaminha a todos os membros da Categoria do Magistério Estadual, a pedido do Comando de Greve, alguns breves e sumamente necessários esclarecimentos, sobre questões relacionadas aos efeitos da Greve do Magistério.

1. Primeiramente, cabe lembrar que a greve é um movimento justo e constitucionalmente assegurado a todos os trabalhadores públicos e privados, nos termos do art. 9º e do art. 37, VII da Constituição Federal.

2. Inclusive, no caso dos trabalhadores do setor público, o direito de greve já foi garantido pelo Supremo Tribunal Federal (Mandado de Injunção n. 708).

3. Vale ressaltar, ainda, que a greve do Magistério Público Estadual é um movimento de reivindicação justa e legítima pela aplicação da Lei do Piso Nacional, que já foi declarada totalmente constitucional pelo Supremo Tribunal Federal (ADI n. 4167). Não há, no mesmo sentido, qualquer decisão judicial reconhecendo a ilegalidade da greve.

4. Não se pode esquecer, também, que a greve, enquanto direito de todos os trabalhadores públicos, alcança igualmente aos servidores concursados (estatutários) e aos admitidos em caráter temporário (Professores ACT’s), de modo que qualquer punição aos grevistas, estatutários ou ACT’s, configura clara ofensa à Constituição Federal.

5. Não há qualquer previsão em lei que limite o tempo de duração dos movimentos grevistas, que podem se alongar até o final das negociações entre a categoria paralisada e o governo.

6. Por fim, depois da greve a pauta de negociações poderá englobar a integral reposição dos dias paralisados, de maneira a não acarretar quaisquer prejuízos aos trabalhadores, aos alunos e à sociedade em geral. Isso certamente será buscado pela categoria!

Com tais esclarecimentos, a Assessoria Jurídica do SINTE/SC reforça que a greve é um direito legítimo da categoria, constitucionalmente assegurado, sendo que a aplicação do Piso Nacional do Magistério reflete a justa e legítima pretensão da categoria, o que garante a greve como totalmente legal e constitucional.

Reiterando os votos de elevada consideração a toda a Categoria do Magistério Público Estadual, colocamo-nos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos e encaminhamentos.

Cordialmente,

JOSÉ SÉRGIO DA SILVA CRISTÓVAM/MARCOS ROGÉRIO PALMEIRA
ADVOGADOS DO SINTE/SC

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Ilegalidade da greve???

Não há outra maneira de crescer, desenvolver e ser sustentável um Estado, município ou região se não através da educação. Está marcado na história mundial que o desenvolvimento humano, primeiro, passou pela educação. Quando parte da sociedade não consegue desenvolver seu potencial, há reclamações, de diversas variantes, e a greve é um meio de manifestar essa reclamação. Greve é um direito adquirido de todo e qualquer trabalhador brasileiro, foi um ato constitucional. Dificilmente será dada como ilegal esta greve, porém, não esqueçamos, nós estamos no Brasil...

sábado, 18 de junho de 2011

Frase do Dia

"Algumas vezes um homem inteligente é forçado a ficar bêbado para passar um tempo com os burros".


Ernest Hamingway

Chuck Berry

Não é o Chuck Norris, mas um dos "montros" do rock. Você já ouviu esta música, mas talvez não cantada ao vivo pelo velho Chuck. Inspirador de Beatles e Rollig Stones. A plateia enlouquece com o som da sua guitarra...é o velho e bom rockinroll!!!



quinta-feira, 16 de junho de 2011

Frase do Dia

“Sem ambição, nada se começa. Sem esforço, nada se completa”.
Ralph Waldo Emerson

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Jardim dos Pets

Olha aí esse sítio, foi criado para deixar lembranças do nosso animal de estimação, que por algum motivo morreu. Curioso e estranho ao mesmo tempo, mas vale dar uma espiadinha...pra quem quiser é só acessar http://www.jardimdospets.com.br/

terça-feira, 14 de junho de 2011

Frase do Dia

"A liberdade de eleição permite que você escolha o molho com o qual será devorado".


Eduardo Galeano

A pior cegueira é...

Está escrito no livro "José Saramago nas suas palavras" - "A pior cegueira é a mental, que faz com que não reconheçamos o que temos à frente". Reflitamos um pouco, como formaremos cidadãos sem uma boa educação? Não consigo entender ou melhor, imaginar, uma sociedade competente, democrática e inteligente sem antes ter uma boa base educacional. Concordo quando fala-se que educação trazemos de casa, oriundo de nossos pais e na escola somos instruídos. Mas também recebemos uma complementação através dos professores e da estrutura física da escola. O governo federal está dando sua contribuição para a educação brasileira, tímida sim, mas estamos avançando, ao contrário do nosso estado. A não incorporação do piso nacional como salário base, influenciará em metade do desejado. Já postei aqui no blog que falta estrutura às nossas escolas e que, o mínimo possível é a incorporação do piso nacional. Não vemos ações neste governo, estamos na metade de 2001 e qual foi o projeto executado ou apresentado oficialmente pelo "messias", como chama meu amigo Rui. O messias está cego, mentalmente cego, politicamente cego...



PS: E o povo catarinense pagando o salário do "messias" pelo trabalho prestado à sociedade...até quando ficaremos calados? Até a próxima eleição quando o carismático "messias" pedirá voto e aí...será reeleito! É a verdade nua e crua...

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Pesquisa Datafolha sobre o "Novo Código Florestal"

Adicionar legenda

1. A pesquisa visa avaliar o conhecimento e a opinião da população sobre os temas abordados na proposta conhecida como "novo Código Florestal" e votada pela Câmara dos Deputados no final de maio. O questionário foi realizado e aplicado pela Datafolha, por solicitação de Amigos da Terra - Amazônia Brasileira, IMAFLORA, IMAZON, Instituto Socioambiental, SOS Mata Atlântica e WWF-Brasil.
2. Foi realizada pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal dos entrevistados, mediante questionário estruturado com cerca de 10 minutos de aplicação. A checagem foi simultânea à coleta de dados e cobriu cerca de 20% do material de cada pesquisador. Trata-se de uma pesquisa com abrangência nacional, incluindo áreas urbanas e rurais, e o universo pesquisado foi de pessoas com 16 anos ou mais, com telefone fixo. O levantamento foi realizado entre os dias 3 e 7 de junho de 2011. Foram realizadas 1286 entrevistas. A margem de erro máxima para o total da amostra é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.
3. O resultado é relativamente homogêneo entre as diferentes regiões e classes de renda (com diferenças pouco expressivas) e ainda mais homogêneo quando se considere a área urbana versus a rural. Neste caso, a diferença está quase sempre dentro da margem de erro, apontando para uma opinião bastante consistente entre campo e cidade.
4. O fato que houve expressiva cobertura midiática sobre a recente votação na Câmara dos Deputados fez com que quase dois terços da população declarem ter tomado conhecimento da votação, embora a parcela que se declara bem informada seja modesta, o que reflete a complexidade do tema.
5. Em geral, a pesquisa revela uma opinião pública com forte preocupação pela conservação das florestas, até mesmo quando esta é colocada como eventual fator limitante da produção agropecuária; dependendo das perguntas, a porcentagem dos brasileiros que discordam da proposta votada na Câmara dos Deputados varia entre 77% (a favor do adiamento do debate para ouvir a ciência) e 95% (que não aceitam manter as ocupações em Área de Preservação Permanente).
6. Na pergunta básica e introdutiva, na qual se coloca a alternativa entre dar prioridade para a proteção das florestas (mesmo que isso limite a produção agropecuária) ou para produção (mesmo que limite a proteção das florestas), a primeira alternativa recebe 85% e a segunda, 10%, com 5% de "não sei".
7. No caso do perdão do desmatamento ilegal, foram realizadas perguntas diferentes. Quando se oferecem três opções qualificadas, com uma intermediária, é possível observar como a primeira escolha da população seja em prol da mais rigorosa, isto é a de punir em qualquer caso para dar o exemplo, escolhida por 48% dos entrevistados; em seguida vem a opção intermediária (a de punir só quem se recusa a repor a floresta) com 45%, enquanto a opção de perdoar sem repor a floresta, objeto da proposta votada pela Câmara dos Deputados, atinge meros 5%. Quando se apresentam apenas duas opções, 79% se declaram em geral contra perdoar penalidades e multas (com 19% que aceitam esta possibilidade) e 77% se declaram contra a dispensa da reposição da floresta (com 21% que a admitem).
8. Já no caso da ocupação das Áreas de Preservação Permanente (encostas, topos de morro, várzeas, etc.), prevalece a opção intermediária, ou seja a de manter apenas cultivos que segurem o solo e não gerem riscos de acidentes, com 66%, seguida da opção de remover todos os cultivos, com 25%, enquanto aquela de manter todos os cultivos - conforme proposta aprovada pela Câmara dos Deputados - é apoiada por apenas 7% da população.
9. A opinião geral sobre o tema é confirmada quando se passa a considerar as implicações políticas: 79% apoiam o eventual veto da presidente, no caso em que o Senado validasse a proposta da Câmara. Trata-se de uma parcela muito superior àquela que aprova em geral a atuação da presidente, que foi de 47% na mais recente pesquisa Datafolha, em março. Uma parcela ainda maior, atingindo 84%, afirma que não votaria em deputados e senadores que tenham votado a favor do perdão de desmatamento ilegal.
10. Uma parcela levemente inferior, atingindo 77%, apoia a proposta da comunidade dos cientistas para adiar a votação no Senado, de forma a ter mais embasamento técnico-científico na nova legislação, enquanto 20% consideram que seria melhor votar imediatamente, de qualquer forma.

- Mais informações, acesse: www.imaflora.org.br

sábado, 11 de junho de 2011

Frase do Dia


"Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar."

Nietzche

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Dica de Fim de Semana - Especial dia dos Namorados

Namorados para Sempre



Elogiado drama romântico que rendeu a indicação ao Oscar para a atriz Michelle Williams – que aqui contracena com Ryan Gosling -, relata a crise que abate um jovem casal nova-iorquino de classe média-alta. Estreia no Brasil dia 10 de junho. 



Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos 





'Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos' conta a história de dois casais: Alfie (Hopkins) e Helena (Jones) e sua filha Sally (Watts), casada com Roy (Brolin), abordando as suas paixões, ambições, ansiedades e, logicamente, suas insanidades. Depois que Alfie deixa Helena em busca da sua juventude perdida com uma menina liberal chamada Charmaine (Punch), Helena abandona sua própria racionalidade e entrega sua alma para um vidente charlatão. Também infeliz no casamento, Sally desenvolve uma paixonite pelo seu elegante chefe, proprietário de uma galeria de arte, Greg (Banderas), enquanto o escritor de romances Roy, aguarda ansiosamente resposta da editora para seu último manuscrito.

Elenco: Antonio Banderas, Josh Brolin, Anthony Hopkins, Gemma Jones, Freida Pinto, Lucy Punch, Naomi Watts

Frase do Dia


“O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não.”

Gandhi

Santa Catarina x Educação

Eleito na última eleição para governador, Raimundo Colombo não conseguiu gerir nosso Estado por um dia ainda. Não vemos ações do governo em nenhum lugar. Como poderia ser diferente com a educação? Os professores não querem aumento salarial, querem incorporação do piso nacional proposto pelo ex-presidente Lula em 2008, que aliás, é uma medida constitucional. E além do mais, os estados que não possuirem verbas para o vencimento dos professores, a união complementará. Entretanto, os professores não reivindicam somente o piso nacional, reivindicam também melhores condições de trabalho para si e estruturas físicas e humanas para os alunos. Muitas escolas não possuem livros atualizados, inclu-se aí escolas técnicas, como os CEDUP's, não possuem um laboratório com mínimas condições de acesso ao ensino pedagógico. Com relação a estrutura humana, além da necessidade de professores qualificados, não há colaboradores para serviços como secretaria, limpeza, laboratórios, entre outros. No caso de escolas técnicas, está sendo colocado no mercado de trabalho estudantes em péssimas condições de assumir uma função independente do cargo ou da empresa.
Não seria culpa do atual governo porque por ter herdado isso de seus antecessores incipientes. O preocupante é que o "messias", como diz meu amigo Rui, não mostra solução ou pelo menos tenta encontrá-la. Mas quando for ano de eleição, lembraremos de seus serviços prestados pela educação do nosso estado. Claro que sim, o povo catarinense assiste e lê jornal e ainda possui boa memória...claro que sim...

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Frase do Dia



“Os membros de uma equipe vencedora lutam contra seus concorrentes. Os membros de uma equipe perdedora lutam entre si”.

(J. M. Juran)

Dica de Fim de Semana - Tropa de Elite 2

Pra quem ainda não viu, segue a indicação deste fim de semana.



E agora Aécio???


Recém alçado a líder máximo da oposição ao governo Dilma Rousseff, senador tucano é acusado por deputados estaduais de Minas Gerais de esconder bens para não pagar Imposto de Renda. Segundo denúncia, salário de R$ 10 mil e patrimônio declarado de R$ 600 mil não explicam viagens ao exterior, festas com celebridades, jantares em restaurantes caros e uso de carrões. Procuradoria Geral da República examina representação para decidir se abre investigação.

BRASÍLIA – A Procuradoria Geral da República (PGR) vai anunciar em breve se abrirá inquérito para investigar o enriquecimento do chefe da Casa Civil, ministro Antonio Palocci. Os adversários do governo petista acionaram-na depois da notícia de que Palocci comprou apartamento de mais de R$ 6 milhões em São Paulo, no que seria um sinal de “ostentação”. Pois a PGR também examina se é necessário apurar melhor a vida patrimonial de um outro figurão da República, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), líder máximo da oposição atualmente. O tucano entrou na mira do Ministério Público pelo motivo oposto ao de Palocci, a ocultação de bens, o que revelaria sonegação fiscal.

A denúncia de que o senador esconde patrimônio e, com isso, deixa de pagar impostos foi feita ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, no dia 30 de maio, pela bancada inimiga do PSDB na Assembléia Legislativa de Minas Gerais. 

O fundamento da representação é o “estilo de vida” do senador. Com o salário de R$ 10,5 mil mensais que recebeu por sete anos e quatro meses como governador mineiro, diz a representação, Aécio não teria condições de viajar onze vezes para o exterior com a família, andar de jatinho, dar festas com celebridades, frequentar restaurantes caros e comprar os carrões com que desfila em Minas e no Rio, cidades onde tem apartamentos.

Na declaração de renda apresentada à Justiça eleitoral no ano passado, quando disputou e ganhou um cadeira no Senado, Aécio Neves informou ter patrimônio de R$ 617 mil, que os acusadores dele consideram uma ficção. 

“Há claramente um abismo entre o Aécio oficial e o Aécio do jet set internacional. Ele está ocultando patrimônio, e isso leva ao cometimento de sonegação fiscal”, afirma o deputado Luiz Sávio de Souza Cruz (PMDB), líder da oposição ao PSDB na Assembléia mineira e um dos signatários da representação.

Linhas de investigação

O documento sugere duas linhas de investigação à PGR na tentativa de provar que o senador estaria escondendo patrimônio para sonegar impostos, num desfiar de novelo que levaria – e isso a representação não diz - à descoberta de desvio de recursos públicos mineiros para a família Neves.
A primeira linha defende botar uma lupa na Radio Arco Íris, da qual o senador virou sócio em dezembro. Até então, a emissora era controlada apenas pela irmã de Aécio, Andrea Neves. Os denunciantes do senador estranham que a emissora tenha uma frota de doze veículos, sendo sete de luxo, e mantenha parte no Rio de Janeiro. Se a radio não produz conteúdo noticioso nem tem uma equipe de jornalistas, para que precisaria de doze veículos, ainda mais num estado em que não atua?
A hipótese levantada pela denúncia é de que se trata de um artifício para fugir de tributos – a despesa com a frota e a própria existência dela permitem pagar menos imposto de renda. Além, é claro, de garantir boa vida ao senador. 
Mas há uma desconfiança maior por parte dos adversários de Aécio, não mencionada na representação. “Queremos saber se tem recurso público nessa rádio. Quanto foi que ela recebeu do governo desde 2003?”, diz o líder do PT na Assembléia, Rogério Correia, também autor da representação. “Há muito tempo que a Presidência da Assembléia impede que se vote essa proposta de abrir os repasses oficiais para a radio Arcio Iris.” Sócia da rádio, Andrea Neves coordenou, durante todo o mandato do irmão, a área do governo de Minas responsável pela verba publicitária. 
A outra linha de investigação aponta o dedo para uma das empresas da qual Aécio declarou ao fisco ser sócio, a IM Participações. A sede da empresa em Belo Horizente fica no mesmo endereço do falido banco que os pais do senador administraram no passado, o Bandeirantes. Do grupo Bandeirantes, fazia parte a Banjet Taxi Aéreo. Que vem a ser a proprietária de um jatinho avaliado em R$ 24 milhões que o senador usa com frequencia, e de graça, para viajar. 
O problema, dizem os acusadores do senador, é que a Banjet tem como sócio gestor Oswaldo Borges da Costa Filho, cunhado de Aécio e presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais durante o governo do tucano.
A hipótese levantada na representação é de que teria havido uma “triangulação de patrimônio”. Aécio controlaria a Banjet por meio da IM Participação de Administração. “São essas empresas de participação quem administram inteiras fortunas, para acobertar patrimônio de particulares, que não tem como justificar contabilmente a aquisição de ativos”, afirma o texto.
Neste caso, a representação de novo não diz, mas é outra desconfiança dos denunciantes do senador, também teria havido desvio de recursos públicos mineiros, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico, para a família Neves.
Minas: 'estado de exceção'
Os adversários do senador tentam emplacar uma investigação federal contra Aécio – e por isso se apegam a questões fiscais – para contornar supostos silêncio e omissão de instituições mineiras, que estariam sob controle total do ex-governador. 

“Aqui no estado nós vivemos num regime de exceção. A imprensa, o tribunal de contas, a Assembléia Legislativa são todos controlados pelo Aécio”, diz Rogério Correia. “Esse Aécio que aparece sorrindo em Brasília é o 'Aécio ternura'. Mas aqui em Minas tem um 'Aécio malvadeza'”, afirma Savio Cruz, usando expressões que no passado referiam-se ao falecido senador Antonio Carlos Magalhães. 
Aécio Neves foi procurado, por meio da assessoria de imprensa, para comentar a denúncia, mas não havia respondido até o fechamento da reportagem. A Procuradoria informou, também por meio da assessoria, que não há prazo para o procurador Roberto Gurgel decidir se abre ou não a investigação contra o senador.



quinta-feira, 2 de junho de 2011

Frase do Dia



“Pessoas que são boas em arranjar desculpas raramente são boas em qualquer outra coisa”.

(Benjamin Franklin)